Medicina tradicional chinesa – acupuntura e fitoterapia

Rui CabanitaServiços WMed

Após o parto, existem também mulheres que sofrem de depressão “pós-parto”. A depressão pós-parto e a neurose depressiva respondem muito bem ao tratamento por acupuntura e, em grande parte dos casos, esta é tratada num período relativamente curto de tempo.

Medicina Chinesa e Emagrecimento

A Medicina Chinesa trata o emagrecimento com recurso a dois tipos de tratamento:

– A acupunctura simples, que auxilia o processo de perda de peso ao agir sobre o apetite e a ansiedade, bem como melhorando as funções de eliminação e acelerando o metabolismo;

– A adipólise, que consiste na aplicação de agulhas de acupunctura, mais longas que as habituais, no tecido gordo, em particular nas zonas onde existe celulite e/ou gordura localizada. As agulhas são depois ligadas a um aparelho de electro-estimulação, promovendo uma mais rápida eliminação e metabolização de gorduras e líquidos retidos.

Na Wmed, associamos a estas técnicas a elaboração de um plano alimentar cuidado e a toma de fitoterapia, específicas para o caso.

Medicina Chinesa no Tratamento da Dor

Quer se trate de dores de ossos, musculares, articulares ou de coluna, passando também pelas cefaleias e enxaquecas, a Medicina Chinesa estabelece a cura através de vários mecanismos.

Tem como objetivo a melhoria a nível da circulação sanguínea, da função imunológica e do sistema hormonal, pelo que a Acupuntura é indicada e muito eficiente para o tratamento da dor.

Medicina Chinesa e Tabagismo

O tabagismo é uma das maiores causas de doença no mundo. Na Wmed, usamos a acupuntura, a auriculopuntura e a fitoterapia para aliviar o stress e ansiedade, auxiliando o paciente durante o período de abstinência, bem como a diminuir os efeitos da falta de nicotina. É também importante restabelecer a saúde do Pulmão e dimiunuir os efeitos nefastos do fumo.